Portugal ultrapassa, em setembro, os 5% de quota de VE

Nissan Leaf 40 kWh continua a liderar as vendas

Em setembro de 2018, as vendas de veículos elétricos em Portugal atingiram os 5.4% de quota de mercado, pulverizando todos os recordes anteriores.

Venderam-se 711 viaturas elétricas, o que representa um crescimento de 119% em relação ao mês homólogo de 2017. Este recorde é possível face ao crescimento das vendas do VE mais vendido em Portugal, o novo Nissan Leaf com uma bateria de 40 kWh, que só em setembro vendeu 254 unidades. Em segundo lugar nas vendas está o BMW 530e, um híbrido plug-in (PHEV) com 106 unidades vendidas, que tem sido um sucesso de vendas para as empresas, fruto das isenções fiscais em vigor. Na terceira posição estão, empatados, o Renault Zoe 100% elétrico, com uma bateria de 41 kWh e o Mitsubishi Outlander PHEV, ambos com 48 unidades vendidas.

A influenciar positivamente este aumento de quota dos VE está a queda das vendas do mercado global de automóveis ligeiros de passageiros (-14%).

Os modelos mais vendidos em Portugal, em setembro de 2018, foram:

A verde os VE 100% elétricos, a preto os VE híbridos plug-in.

 

No acumulado do ano de 2018 a quota de mercado dos veículos elétricos está agora nos 3%, o que, faltando ainda um trimestre para encerrar o ano, faz-nos prever que se possa fechar 2018 com uma quota de cerca de 3.5%.

Estes números colocam Portugal no 3.º lugar a nível da União Europeia, só ultrapassados pela Holanda e pela Áustria, no que se refere aos VE 100% elétricos e no 4.º lugar se considerarmos os BEV (Battery Electric Vehicle) e os PHEV (Plug-in Hybrid Electric Vehicle).

Os modelos mais vendidos desde o início do ano são:

 

Nos primeiros nove meses de 2018 já foi largamente ultrapassado o número de VE que se venderam em todo o ano de 2017.

Nos primeiros nove meses de 2018 venderam-se 5.608 viaturas, contra as 4.237 unidades vendidas em todo o ano de 2017.

 

Fonte: EV Sales, ACAP