Quercus pede aposta em “empregos verdes” nos veículos elétricos

Model3A associação ambientalista Quercus defendeu hoje uma aposta nos “empregos verdes”, nomeadamente no fabrico e exportação de veículos elétricos ou híbridos e na eficiência energética dos edifícios, que se traduzirá na procura de “trabalhadores altamente qualificados”.

Num comunicado a assinalar o Dia Mundial da Energia, que hoje se comemora, a Quercus diz acreditar que “mais empregos verdes poderão ser criados, nomeadamente na fabricação e instalação de produtos energeticamente eficientes“.

Para a organização, “as oportunidades para a criação de novos postos de trabalho serão maiores nos setores dos edifícios e transportes“.

A Quercus refere um estudo da Cambridge Econometrics, divulgado no ano passado, segundo o qual o fabrico de viaturas elétricas ou híbridas “irá criar postos de trabalho e a procura de novas competências, por exemplo, na produção de baterias, manutenção especializada e controlo de emissões”, bem como na exportação destes veículos.

Por outro lado, espera-se a criação de “empregos altamente qualificados” no âmbito da eficiência energética dos edifícios.

“Haverá a procura de novas competências em lidar com novos materiais e tecnologias, processos de construção sustentável, planeamento, gestão e o cálculo da pegada de carbono, por exemplo”, considera a organização.

A Quercus lembra ainda que um aumento dos “empregos verdes” levará a uma procura de “trabalhadores altamente qualificados nas áreas de gestão, auditoria e consultoria”.

url Mais informação: Notícias ao Minuto

Deixar uma resposta