O futuro “Pão de Forma” da VW, BUDD-e, 100% elétrico

Volkswagen Budd-e

O novo concept da Volkswagen é o primeiro a utilizar a plataforma Modular Electronic Toolkit, exclusiva para carros elétricos. Os botões no painel e no volante desaparecem, dando lugar a comandos sensíveis ao toque no tablier. Tem dois motores elétricos, tração permanente às quatro rodas e potência total de 317 cv. A autonomia com uma carga de bateria pode chegar aos 533 quilómetros.

Volkswagen confirma 20 modelos híbridos plug-in e elétricos até 2020

volkswagen-concept1Matthias Müller, CEO da Volkswagen, confirmou em Bruxelas o lançamento de 20 modelos híbridos plug-in e elétricos até 2020. Por conta do escândalo do diesel, a Volkswagen agora pretende focar-se muito mais no desenvolvimento de produtos ecológicos baseados em baterias de lítio.

A empresa até mesmo lançou o programa da plataforma modular elétrica MEB, que dará vida a uma nova geração de carros plug-in da Volkswagen.

A fabricante agora implora junto de empresas privadas e órgãos governamentais para ajudar a fomentar a tecnologia de veículos elétricos, sendo um dos pilares a criação de uma rede de recarga rápida.

Com a tecnologia de baterias planas de 90 kWh ou mais, a Volkswagen poderá estender a autonomia dos carros elétricos para 600 km, o que é uma média mais próxima dos carros a combustíveis fósseis.

Ainda assim, Müller diz que o carro elétrico ainda terá um papel pequeno até que o consumidor tenha consciência de que não ficará limitado devido à recarga das baterias. A Volkswagen defende que a Europa precisa de ser líder na mobilidade e condução autónoma.

url Noticias automotivas

BMW i3 melhora a sua autonomia com novas baterias

BMW_i3_2016O preço superior em relação aos veículos movidos a motores de combustão hoje é um impedimento para que os carros elétricos tenham uma maior propagação no mercado, mas sem nenhuma dúvida, o que a maioria dos compradores reclama é sobre a limitação de autonomia e o tempo de recarga dos modelos elétricos. Alguns, como o BMW i3, oferecem versões com autonomia estendida, que contam com um pequeno motor a gasolina que serve como gerador de eletricidade, embora isso não o transforme em mais atrativo.

É exatamente o BMW i3, um dos modelos elétricos que nos próximos meses deverá dar um importante salto em relação à sua autonomia.

Pelo simples fato de poder percorrer mais quilómetros, mais clientes optarão por ele e por outro lado porque será um dos elétricos com maior autonomia. Esse incremento se traduz em que se poderão percorrer até 193 quilômetros, em relação aos 130 do modelo atual.

Junto com a melhora na linha do BMW i3, a marca alemã apresentará outra série de novidades para o compacto elétrico, das quais ainda não se conhecem detalhes.

url Notícia Planet cars z

Baterias com grafeno que carregam em poucos minutos

grafenoNa cidade de Córdoba – Espanha, investigadores criam novas baterias que incorporam na sua composição polímero de Grafeno. Estas novas baterias são capazes de dotar um carro eléctrico com uma autonomia teórica de 1.000 km. A exigência que sofre o sector, para aumentar a autonomia de veículos eléctricos e reduzir o preço das baterias, estará próxima da mudança.

Em 2004 foi descoberto o material que muitos chamam “material de Deus”, desde que surgiu grafeno. Têm sido foco de muitas investigações em diferentes aplicações. A união da investigação relacionada com o Graphenano, com companhia Espanhola produtora de grafeno numa escala industrial, e com a Universidade de Córdoba, tem criado as primeiras baterias de polímero de grafeno.

As vantagens desta nova geração de baterias traduz-se numa maior densidade energéticamaior vida útil, maior velocidade de carga, menor peso , o que mais interessa aos fabricantes e ainda menor preço. Apesar de todas estas vantagens, a Universidade de Córdoba continua a trabalhar para reduzir o volume e obter uma versão mais avançada das baterias.

Segundo o comunicado, as baterias passaram para uma fase de produção a partir do próximo ano, pela empresa Grabat Energy.

url Notícia Electromaps

Mercedes GLC 100% elétrico e a hidrogénio estreia em 2017

Mercedes Benz GLC 2016A Mercedes anunciou que vai apresentar no segmento SUV, o modelo GLC F-Cell (movido a hidrogênio) e outro modelo totalmente elétrico no Salão de Frankfurt de 2017. O GLC é a segunda geração do GLK. Trocou de nome, adotou o visual do GLA e ganhou novas tecnologias

Em entrevista à revista Autocar, o professor doutor Thomas Weber disse que o modelo terá a mais nova tecnologia de célula combustível disponível. Sem dar muitos detalhes, o professor disse ainda que o crossover irá se beneficiar de avanços recentes no campo da tecnologia de célula de combustível a hidrogénio, o que pode indicar que o modelo terá um powertrain compacto que não ocupa tanto espaço como os sistemas anteriores.

Pouco se sabe ainda sobre a autonomia deste veículo, mas espera-se que ronde entre 400 e 480 km.

url Notícia Revista Auto, Globo

Chevrolet Bolt EV – 60 kWh

Bolt EVA GM – General Motors publicou alguns dados sobre o carro elétrico BOLT 100% elétrico, tendo apresentado uma proposta muito interessante.

Este modelo será lançado em breve com uma bateria de 60 kWh refrigerada e com uma potência de 150 kW (205 CV) com um motor de 360 Nm de binário disponível desde o arranque.

Segundo a marca o VE alcança os 100 km/h em 7 segundos, sendo a velocidade de ponta limitada aos 145 km/h.

Como prova de confiança a marca disponibiliza garantia de 8 anos ou 160 000 kms para a bateria e componentes de tração.

url Mais informação: Foro coches electricos
url Mais informação: insideevs