Há um preconceito em Portugal em relação ao carro elétrico

O Presidente da UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, fala, nesta entrevista, da realidade portuguesa, que desde 2010 até aos dias de hoje se revelou uma verdadeira «montanha russa». Henrique Sánchez considera que o futuro é do veículo elétrico e que Portugal não pode perder o comboio do desenvolvimento nesta matéria. E dá o exemplo da Noruega para alertar consciências: neste país do norte da Europa, metade dos carros vendidos atualmente são elétricos. «Isto é um exemplo para o nosso Governo. Porque não é preciso dizer que se é a favor da mobilidade eléctrica, é preciso fazer coisas», afirma.

Leia aqui a entrevista completa

revistainstalador_capa

Deixar uma resposta