Em fevereiro as vendas de Veículos Elétricos novos cresceram 78,5%

Fevereiro continua a mostrar a penetração consistente dos veículos elétricos novos em Portugal, apresentando um número absoluto de unidades vendidas superior ao do período homólogo, ainda pré pandemia. A atual situação de grande volatilidade e especulação nos preços dos combustíveis fósseis irá ainda mais suportar esta tendência e fazer acelerar a adoção dos veículos elétricos em Portugal.

Ainda mais acentuada fica a variação homóloga quando nos centramos nos veículos 100% elétricos (BEV – Battery Electric Vehicle). Nesta categoria, o aumento foi de 163.9% face a fevereiro de 2021. Mesmo em relação ao mês anterior – janeiro de 2022 – as vendas dos BEV cresceram 13.6%. Estes aumentos encontram justificação na imensa oferta de novos modelos, com mais autonomia, com capacidade de carregamento mais rápido e com a introdução no mercado de novas marcas.

O crescimento no segmento dos veículos híbridos plug-in (PHEV-Plug-in Hybrid Electric Vehicle) tem-se revelado mais moderado, pois com a já referida oferta de modelos 100% elétricos com autonomias reais que já respondem às necessidades de grande parte das utilizações, assim como, o aumento da Rede de Carregamento de Veículos Elétricos, quer no número de postos, na distribuição geográfica e no aumento de potência disponível.

No acumulado das duas categorias, BEV e PHEV, regista-se um aumento significativo, com um crescimento homólogo de 78.5%, com um cada vez maior peso por parte dos veículos 100% elétricos, atualmente com uma oferta que cobre muitas das necessidades dos interessados.

Variação de Vendas de Veículos em Portugal
Combustão Interna vs. Elétricos 

Considerando apenas os veículos ligeiros de passageiros regista-se uma ligeira recuperação das vendas dos veículos com motores de combustão interna (+34.6%), ainda assim, praticamente metade do aumento registado nos veículos elétricos (63.2%), sendo que com os recentes e enormes aumentos nos preços da gasolina e do gasóleo, seja de prever que os veículos elétricos vejam a sua procura aumentar de forma acentuada nos próximos meses. Um dos fatores que mais pressionará os preços dos combustíveis fósseis é a volatilidade e especulação dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

Face ao já descrito, a quota de mercado na venda dos veículos elétricos novos desceu ligeiramente, quer no mês de fevereiro, onde registou uma quota de 20.8%, quer na totalidade do ano em curso com uma quota de 21.6%, em ambos os casos acima dos 20%. Portanto, um em cada cinco veículos ligeiros de passageiros novos vendidos em Portugal é elétrico!

Os veículos elétricos consolidam posições, mantendo níveis de crescimento muito elevados apesar das incertezas e escassez de oferta que se começa a notar quer pela falta de componentes, por exemplo os semicondutores, quer pelas enormes perturbações que o transporte marítimo tem sofrido desde o início da pandemia da covid-19 e agora agravadas pela guerra na Ucrânia e pelas nefastas consequências que poderão afetar toda a economia mundial.

Ainda nos ligeiros de passageiros, se isolarmos as vendas dos veículos 100% elétricos, vemos que é esta a categoria que mostra uma maior vitalidade e níveis de crescimento exponenciais, tendo registado um crescimento de 118.5% em fevereiro e no acumulado do ano uma variação positiva de 124.6%. O que representa uma quota de mercado de 9.1% no mês de fevereiro e de 9.4% no acumulado do ano, uma ligeira queda em relação a janeiro, sendo que, praticamente, um em cada dez veículos ligeiros de passageiros novos vendidos em Portugal é um veículo 100% elétrico.

Há dez meses consecutivos que os veículos ligeiros de passageiros 100% elétricos têm registado variações muito significativas, quase sempre superiores aos 100%, e sempre variações muito superiores às variações das vendas dos veículos com motores de combustão interna.

Marcas de Veículos Elétricos mais vendidos em Portugal 

Este mês de fevereiro, a marca mais vendida nos veículos 100% elétricos (BEV) foi a Peugeot com 121 unidades vendidas, seguida da Tesla com 113 viaturas entregues e a fechar o pódio esteve a Audi com 97 veículos 100% elétricos vendidos. Nos híbridos plug-in mantêm-se as três marcas que dominam, (por enquanto), nesta categoria: a BMW + BMW i (298), a Mercedes-Benz (292) e a Volvo (195). No total dos veículos elétricos (BEV+PHEV), de registar a intromissão da Peugeot nos três lugares do pódio, fruto do aumento das vendas dos modelos 100% elétricos.

Os veículos elétricos (VE), muito especialmente os 100% elétricos (BEV), afirmam-se como uma opção válida para um número cada vez maior de cidadãos, pela maior variedade na oferta, com a entrada no mercado português de novas marcas, com novos modelos, com mais autonomia, com possibilidade de carregamento rápido a maiores potências (o que diminui o tempo do carregamento), com um aproximar dos seus preços de venda aos preços dos modelos equivalentes com motores de combustão interna, e, muito importante, com o aumento da Rede Nacional de Carregamento para Veículos Elétricos, quer em número de carregadores, com uma maior distribuição geográfica, mas também com a instalação de carregadores super-rápidos e ultrarrápidos com potências superiores aos 100 kW que também permitem reduzir o tempo de carregamento.

Acresce o enorme, e nunca antes registado, aumento dos preços da gasolina e do gasóleo em Portugal (e na Europa), fruto da volatilidade e da especulação do preço do petróleo nos mercados internacionais como consequência da guerra que atualmente decorre na Ucrânia.

A eletrificação dos transportes é um passo importante para a descarbonização da economia e no combate às alterações climáticas, pois Portugal produz cerca de 60% de toda a eletricidade consumida, o que nos permite resistir melhor aos fatores exógenos a que estamos expostos.

Artigos relacionados


Vendas de Veículos Elétricos em Portugal

Consulte todos os artigos mensais da UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, onde são analisados os valores de vendas de veículos Elétricos em Portugal.


Veículo Elétrico ou Combustão Interna, o que polui mais?

A desinformação e as dúvidas levantadas pela poluição global causada pelos Veículos Elétricos, por comparação com os veículos com motor de combustão interna, são constantes. Recentemente, pelo canal de YouTube GasTroll, surgiu um trabalho bastante completo que analisa esta comparação.

A UVE procedeu à tradução do vídeo para português!