O que o ano de 2020 reserva para a Mobilidade Elétrica?

Com o aproximar do final do ano já podemos fazer um pequeno balanço do que foi 2019 e das perspetivas para 2020.


Henrique Sánchez
Presidente da UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos
Artigo Mensal de Opinião da Revista Blueauto


Vendas de veículos elétricos

Este ano todos os recordes de vendas foram novamente batidos, quer no que respeita aos veículos 100% elétricos (BEV – Battery Electric Vehicles), quer aos veículos híbridos plug-in (PHEV – Plug-in Hybrid Electric Vehicles). Faltando apenas poucos dias para fecharmos o ano, estes são os números atuais das vendas de ligeiros de passageiros:

A diminuição do ritmo de crescimento das vendas de veículos BEV e PHEV em novembro tem uma razão muito forte: a indústria automóvel será sujeita a pesadas multas a partir de 2021. Calcula-se que poderão atingir os 32.000.000.000€ (trinta e dois mil milhões de euros), com base nas emissões da totalidade dos veículos vendidos durante o ano de 2020, que estarão sujeitos a um máximo de 95 g/km. Por isso, as vendas dos veículos elétricos têm sido adiadas por algumas marcas, especialmente neste último trimestre do ano, para o início de 2020, para diminuírem o valor total de emissões da respetiva marca.

Adicionalmente, os incentivos do Estado para a aquisição de veículos elétricos encontram-se esgotados para o ano em curso. Muitos dos potenciais compradores de veículos elétricos esperam beneficiar desse mesmo incentivo em 2020, tendo adiado a sua aquisição para o mês de janeiro, visto que está confirmada a sua renovação e até um ligeiro reforço dos incentivos para o ano de 2020.


Tesla e Nissan continuam na liderança de vendas de veículos 100% elétricos em Portugal


Estas duas razões indiciam que ano de 2020 promete arrancar com um aumento significativo das vendas de veículos elétricos em Portugal! Muito desse aumento de vendas dever-se-á, não só pelas razões referidas, mas também pelo lançamento de vários novos modelos de veículos elétricos no decorrer do próximo ano.


Novas marcas e novos modelos a chegarem ao mercado nacional em 2020

A partir de 2020 serão poucos os fabricantes de veículos automóveis que não farão lançamentos de modelos 100% elétricos, com mais autonomia e com preços cada vez mais ajustados à realidade do mercado português.

As quatro grandes novidades nos modelos 100% elétricos serão o DS3 Crossback e-Tense, o Opel e-Corsa, o Seat Mii electric, o Volkswagen ID3 e o Peugeot e208, marcas muito populares em Portugal.

DS3 Crossback e-Tense


Opel e-Corsa


Seat Mii electric


Volkswagen ID3


Peugeot e208


Outras marcas apresentarão modelos renovados, com mais potência, com mais autonomia, ou ampliam a oferta já existente. São os casos do Nissan Leaf e+, do VW e-UP, do Tesla Model Y e do Volvo XC40.


Nissan Leaf e+


VW e-UP


Tesla Model Y


Volvo XC40


Redes de Carregamento para VE

Iniciado há cerca de 10 anos o Projeto Piloto parece, finalmente, aproximar-se do seu fim.

Este Projeto por muitos conhecido como Rede MOBI.E, foi na verdade um Projeto Piloto que deveria ter durado um ano e meio, e que, pelas mais diversas razões, se foi arrastando durante o tempo.

Na Cimeira Portugal Mobi Summit, recentemente realizada, foi anunciado o fim do Projeto Piloto através do lançamento do concurso para a concessão dos PCN – Postos de Carregamento Normal, instalados na via pública, portanto em espaços públicos de acesso público, os últimos que faltavam ser concessionados a operadores privados. O prazo anunciado para a conclusão deste concurso e para o início desta concessão é até ao final do primeiro semestre de 2020.

Esta concessão dos postos da rede piloto aos diversos OPC – Operadores de Posto de Carregamento, deverá ser um catalisador há muito necessário para que a Rede Pública de Carregamento passe a funcionar em pleno, seja fiável e atinja a capilaridade necessária e há muito exigida pelos utilizadores de veículos elétricos.


Postos MOBI.E do Projeto Piloto


Postos MOBI.E do Projeto Piloto


A UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos defende o modelo atual da Mobilidade Elétrica em Portugal, tal como faz questão de o referir em todas as suas intervenções junto da tutela e diversas entidades relacionadas com a Mobilidade Elétrica em Portugal.

Contudo, é urgente resolver as principais dificuldades, ineficiências e bloqueios da atual Rede Pública de Carregamento. Para tal, e no seguimento do “Manifesto – O Estado da Rede”, publicado em julho deste ano, a UVE foi convidada pelo CEiiA – Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel, para, em conjunto, auscultarem os diversos agentes da fileira da Mobilidade Elétrica em Portugal.

O objetivo do Grupo de Trabalho UVE/CEiiA é que, já no início de 2020, seja submetido, junto da tutela, um documento com as propostas que forem consideradas necessárias para a fiabilidade da Rede Pública de Carregamento, para o seu alargamento a todo o território nacional, para a sua eficiente utilização por parte dos utilizadores de veículos elétricos, bem como ajustada aos restantes agentes da Mobilidade Elétrica em Portugal.

Edifício Sede do CEiiA – Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel


A mudança de paradigma não é mais uma utopia, ou uma moda, trata-se de uma necessidade, que passa pela responsabilidade de cada um de nós, de fazer parte dessa mudança.



Artigo publicado no revista Blueauto, nº 27, dezembro 2019